5
(4)

CALCULE SEU PONTO DE EQUILÍBRIO - PONTO DE EQUILÍBRIO - PONTO DE EQUILÍBRIO - BEP

Acelere seus negócios com estas dicas de especialistas em "Calcule seu ponto de equilíbrio". Analise e descubra esta DICA!

É a situação que atingimos quando o volume de vendas é suficiente para cobrir todos os custos (não investimento, apenas custos variáveis + fixos). Também podemos expressá-lo como o número mínimo de unidades que um a empresa precisa vender para que o O lucro naquele momento é zero. Para os empresários, este é um objetivo ou um marco muito importante a ser alcançado, é nossa meta, alcançar o crescimento dos clientes até que todos os custos sejam cobertos. 

Onde vemos isso claramente refletido no ponto de equilíbrio?

Na variação do fluxo de caixa (ver+) sem necessidade de financiamento. Veja também esta DICA (+). O ponto de equilíbrio ocorre no ponto em que seu saldo de caixa final vai de decrescente a crescente, é o ponto de viragem de seu vale da morte (+). A empresa será lucrativa ou não, dependendo do número de produtos que comercializa, e dependendo se todos eles juntos contribuem para gerar lucros através da diversificação do portfólio de produtos. Ele determina o volume de produção e vendas que deve ser alcançado a fim de alcançar a igualdade entre receitas e custos, para que a empresa não gere perdas. Só podemos ter certeza de que a empresa é lucrativa se a empresa comercializa apenas um produto, e este produto conseguiu atingir o ponto de equilíbrio.

As informações a serem conhecidas são: custo variável unitário, preço unitário, custos fixos, volume de vendas.

Taxa de rentabilidade = (Custos fixos) / (Margem de contribuição unitária)

A fórmula pela qual o ponto de equilíbrio é expresso é a seguinte:

Qc = CF / (PVu - CVu)

ONDE:

  • Qc = ponto de equilíbrio = Nº de unidades produzidas e vendidas para Lucro a ser igual a zero
  • CF = Custos fixos
  • PVu = Preço unitário de venda do produto
  • CVT = Custos variáveis totais
  • CVu = Custo unitário variável
  • Bº = Lucro
  • I = Renda total
  • C = Custos totais

DESENVOLVIMENTO DA FÓRMULA:

PONTO PRAZO = Nº de Unidades produzidas e vendidas pela empresa necessárias para que o Lucro seja igual a zero:

Bº = I - C

Se Bº = 0, então I - C = 0:

  • I = C
  • I = PVu * Qc
  • C = CF + CVT
  • CVT = CVu * Qc

De onde: C = CF + CVu * Qc

Substituição:

I - C = PVu *Qc - (CF + CVT) = PVu * Qc - (CF + CVu * Qc) = PVu * Qc - CF - CVu * Qc = 0

Limpeza Qc:

  • PVu * Qc - CF - CVu * Qc = 0
  • Qc * (PVu - CVu) - CF = Bº = 0
  • Qc * (PVu - CVu) = 0 + CF

De onde Qc = CF / (PVu - CVu)

Com essa fórmula aprimorada, a variável "LUCRO" (Bº) é adicionada, o que é muito útil para resolver problemas como: Quantas unidades uma empresa precisa produzir e vender para obter um lucro de xxx euros? Essa é a fórmula original, pois o objetivo do cálculo do ponto de equilíbrio é dar à variável "LUCRO" (Bº) o valor zero. O cálculo do ponto de equilíbrio é específico para o método de "Custeio direto" ou Modelo de Custo Direto na Contabilidade de Custos, pois quando se fala de custos, estes são subdivididos em Custos Fixos e Custos Variáveis, não sendo aplicáveis a outros modelos de custeio, tais como o Modelo ABC (Custo Baseado em Atividades - os custos são alocados às atividades realizadas no processo de produção) ou o Modelo de Custo Total (Modelo de Custo Total).

A análise de equilíbrio é baseada em uma série de condições, sem as quais a análise não pode ser conduzida adequadamente:

O custo variável unitário permanece constante para qualquer volume de produção, sem exceção. Estamos em um mercado perfeitamente competitivo, o que significa que todas as unidades podem ser vendidas a esse preço.

Exemplos práticos de cálculo de deadlock

Suponha que uma empresa tenha os seguintes dados:

  • Custos fixos mensais: US$ 10.000
  • Custos variáveis por unidade: US$ 5
  • Preço de venda por unidade: US$ 20

Para calcular o ponto de equilíbrio dessa empresa, devemos primeiro determinar a margem de contribuição por unidade:

  • Margem de contribuição = Preço de venda - Custo variável por unidade
  • Margem de contribuição = 20 - 5 = US$ 15 por unidade
Podemos então calcular o ponto de equilíbrio em unidades:
  • Ponto de equilíbrio em unidades = Custos fixos / Margem de contribuição
  • Ponto de equilíbrio em unidades = 10.000 / 15 = 666,67 unidades

Portanto, a empresa terá de vender pelo menos 666,67 unidades por mês para cobrir seus custos e despesas e não gerar lucro nem prejuízo.

Também podemos calcular o ponto de equilíbrio em dinheiro:
  • Ponto de equilíbrio em dinheiro = Ponto de equilíbrio em unidades x Preço de venda
  • Ponto de equilíbrio em dinheiro = 666,67 x 20 = 13.333,33 dólares

A empresa deve, então, movimentar pelo menos US$ 13.333,33 por mês para cobrir seus custos e despesas e começar a gerar lucros. Esse é apenas um exemplo de como é calculado o ponto de equilíbrio de uma empresa. Cada empresa terá custos e despesas diferentes, e será necessário fazer cálculos específicos para cada caso.

APLIQUE ESTA DICA AO SEU PROJETO

QUIZZ

PENSE EM VOCÊ

PENSAR EM AJUDAR OS OUTROS

Avalie esta DICA!

Clique nas estrelas para avaliar

Classificação "4" - Média " - Média5"

Sem votos ainda, seja o primeiro a votar!

Lamentamos que você não tenha achado útil.

Ajude-nos a melhorar esta DICA!

Deixe-nos um comentário e diga-nos como você poderia melhorar esta DICA