O empreendedorismo está vendendo. Portanto, vender; vender, vender, vender.

4.7
(33)

EMPREENDEDORISMO É VENDER. PORTANTO, COMECE A VENDER: VENDA, VENDA, VENDA!

Acelere seus negócios com estas dicas de especialistas sobre "Empreendedorismo é vender". Analise e descubra essa DICA!

A importância das vendas para um empreendedor

Sem vendas, uma empresa não pode ser considerada realmente estabelecida, e as vendas são o combustível que leva a empresa ao sucesso. Validar hipóteses e obter feedback de outros empreendedores e amigos são valiosos, mas o feedback mais importante é o do cliente disposto a pagar pelos produtos ou serviços da empresa. A validação do modelo de negócios por meio das vendas implica que o produto da empresa atende a uma necessidade que o cliente considera importante, que a qualidade do produto é suficiente para justificar seu preço e que as funcionalidades que se pensava serem importantes para o mercado realmente são importantes. A estratégia de preços escolhida é bem fundamentada. Os empreendedores devem sair e vender desde o início e superar seu medo de vender, pois essa é uma tarefa crucial para o sucesso de um negócio. Lembre-se SUA PRIORIDADE MAIS IMPORTANTE como empresário ESTÁ VENDENDO. Se você não conseguir vendas, ainda não criou a empresa. As vendas são o combustível de sua nova empresa. Um empreendedor que atinge as vendas não precisa de todas as ferramentas e dicas que demos nos sprints 1 e 2, pois ele superará o vale da morte sem problemas.

Desde o início do programa de aceleração, nós o convidamos a sair e vender. Validação de hipóteses é vender ideias, para ver se elas são compradas. O chave para o sucesso é obter vendas o mais rápido possível e aumentá-las. Quando você tem muitas vendas, os problemas de sua empresa desaparecem. O venda é um papel que todos os empreendedores têm no início de suas vidasOs muito técnicos também precisam vender, mesmo que sintam rejeição!!!

Por que tanta pressa em vender?

O mais engraçado de tudo... é que não é pelos motivos que você pensa. Não se trata de começar a monetizar (consulte DICA) imediatamente. Também não se trata de cobrir os formulários e fazer com que seus investidores vejam que você está no "caminho certo".... Isso é muito mais importante para o futuro de seu projeto: você deve vender para validar sua modelo de negócios... não se deixe enganar, as opiniões de outros empreendedores, as opiniões de clientes que atuam gratuitamente como "Testes betaou amigos são valiosos e você certamente deve internalizá-los e considerá-los... mas eles não valem nada em comparação com o valor de um cliente que está disposto a pagar.

Que um cliente esteja disposto a pagar pelo que sua empresa produz (ou pelos serviços que ela oferece) no nível de qualidade que você fornecerá no início implica que você validou uma série de suposições ou hipóteses que são absolutamente essenciais para o seu futuro:

  • Seu produto atende a uma necessidade (ou melhor, responde a um trabalho) que o cliente considera essencial e que ele ainda não conseguiu atender.
  • No estágio atual de qualidade (que, tenho certeza, está muito longe do que você imagina), é bom o suficiente para valer a pena pagar por ele.
  • Os recursos que você achava que seriam importantes para o mercado realmente importam. Suas suposições têm uma base.
  • O estratégia de preços que você escolheu é bem fundamentado.

Tudo isso, é claro, se você tiver feito tudo certo e lançado seu projeto com antecedência no mercado... em vez de esperar para ter um produto perfeito com um conjunto de recursos que você imagina que o mercado valorizará. Lembre-se:

"Se você não estiver completamente envergonhado de seu produto... você o trouxe à tona tarde demais".

Leia estas dicas de um empresário que já teve sucesso na criação de sua empresa:

"Lembro-me de um dia, há muito, muito tempo, em que almocei com um empresário simpático que havia criado uma empresa de distribuição muito legal. interessante e sem investimento. Parceiros de P&D na Coreia, parceiros de fabricação na Índia e parceiros comerciais nos EUA. Lembre-se: não há investimento.

Na metade da refeição, depois de contar a ele sobre meus "fantásticos" planos de dominação mundial, que envolviam dedicar todos os recursos possíveis ao desenvolvimento, me fez uma pergunta da qual me lembrarei pelo resto de minha vida:

  • Quantos clientes potenciais você visitou hoje?
  • Errr... Uhmmm.... Nenhum.
  • Bem, você acabou de perder um dia.

Vou ser sincero: Não dei atenção a ele naquele momento. "Sim, vender é importante. E que sim, um dia vamos continuar com isso (e como somos abençoados, venderemos muito sem esforço, e todos seremos felizes no mundo das jujubas, e com os lucros compraremos um unicórnio de verdade, e montaremos um estábulo para ele nos escritórios que abriremos no Vale do Silício, que também será muito mais legal do que o Googleplex)". 

Essas são coisas em que você pensa quando é jovem ou estúpido (ou as duas coisas ao mesmo tempo, no meu caso). Acho que na terceira vez ficamos sem dinheiro (e obviamente fomos forçados a fazer um pouso de emergência). Comecei a acreditar que o bom homem estava certo. E para me lembrar de suas palavras, algo que tenho feito todos os dias desde então.

Digo isso porque, em minhas horas de aconselhamento a empresários, estou percebendo uma tendência estranha (se não perversa): Ninguém me pergunta sobre a estratégia de negócios. E não porque eu seja um especialista nessa parte, mas porque ela parece secundária.

Muitas perguntas sobre como levantar rodadas multimilionárias, sobre o ofi do SiliconValley, sobre a formação de uma equipe de gerenciamento internacional, sobre a organização de participação patrocinada em eventos, sobre a contratação de uma agência de relações públicas... Mas (quase) ninguém fala sobre vendas, entrada no mercado, contratos de parceiros para integrações? Nada. Rien. Nada.

Em tudo isso, há uma parte interna que eu entendo perfeitamente bem (eu vivi isso): o medo de sair para vender, a procrastinação porque não é uma tarefa agradável, o "ainda é cedo porque nos faltam essas características essenciais"... Mas, pessoal, vocês têm que superar isso. É uma parte essencial do processo de se aposentar em Bariloche.

Vou repetir: vender é I-M-P-P-R-E-S-C-C-I-N-D-I-B-L-E. (consulte a DICA)

Sei que é complicado: o escritório é um lugar seguro e controlável, há uma onda de techcrunchismo que tenta fazer com que as pessoas acreditem que uma capa vale mais do que mil euros em receita, há consultores saindo de baixo das pedras sem muita ideia (ingênuos os bons e perfeitos os ruins), muitos subsídios (para prolongar a agonia) à mão... mas apesar de tudo isso, É preciso deixar claro que o sucesso é principalmente uma questão de rotatividade.

Eu sei... Também acho estranho que a ideia de vender signifique ir contra a corrente do setor. Mas eu repito: es I-M-P-R-E-S-C-I-N-D-I-B-L-E.

Portanto, comece a vender imediatamente. E quem disser o contrário é infeliz.

Conselho de outro empresário: 

"...Todos nós deveríamos dizer a nós mesmos, em algum momento, a frase desta camiseta "GET ON SELLING FOR FUCKING AROUND". Na minha cabeça, só ouço lamentações do tipo... as coisas estão muito ruins, ninguém quer comprar, o mercado está saturado... e desculpas do tipo .... é melhor eu passar o dia todo planejando os compromissos de amanhã ou enviando esses e-mails porque entrar no cliente frio não funciona... Vamos lá, cara!

Vamos nos organizar, sair às ruas, entrar em 10 empresas e ver como pelo menos uma quer me atender. Amanhã farei o teste, irei para a rua, tenho uma lista de empresas lá (tirada da internet) e amanhã lhe direi se consegui pelo menos esse resultado favorável. Deseje-me sorte!!!!

Se você ainda sente vontade de começar a vender, recomendo que leia a DICA sobre como remover bloqueios emocionais.

Na sua equipe de desenvolvimento, quem já está vendendo? Se a resposta for "nenhum", comece a vender agora!!!

APLIQUE ESTA DICA AO SEU PROJETO

QUIZZES

PENSE EM VOCÊ

PENSAR EM AJUDAR OS OUTROS

Avalie esta DICA!

Clique nas estrelas para avaliar

Classificação "33" - Média " - Média4.7"

Sem votos ainda, seja o primeiro a votar!

Lamentamos que você não tenha achado útil.

Ajude-nos a melhorar esta DICA!

Deixe-nos um comentário e diga-nos como você poderia melhorar esta DICA

COMPARTE

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Picture of Jaime Cavero

Jaime Cavero

Presidente de la Aceleradora mentorDay. Inversor en startups e impulsor de nuevas empresas a través de Dyrecto, DreaperB1 y mentorDay.
Comentários
Todos os comentários.
Comentários

  1. RAMON LOPEZ

    Gostei muito das dicas que você me enviou, vou colocá-las em prática.

Tabla de contenidos

  • mentorVIRTUAL: Soy tu mentorVIRTUAL. ¿alguna pregunta?

La respuesta tardará unos 20 segundos. Generando respuesta ...

ISSUES

Pular para o conteúdo function ZFAdvLead(){ } ZFAdvLead.utmPValObj = ZFAdvLead.utmPValObj || {}; ZFAdvLead.utmPNameArr = new Array('utm_source','utm_medium','utm_campaign','utm_term','utm_content');ZFAdvLead.utmcustPNameArr = new Array();ZFAdvLead.isSameDomian = false; ZFAdvLead.prototype.zfautm_sC = function( paramName,path,domain,secure ){ var value = ZFAdvLead.utmPValObj[paramName]; if ( typeof value !== "undefined" && value !== null ){ var cookieStr = paramName + "=" + encodeURIComponent( value ); var exdate=new Date(); exdate.setDate(exdate.getDate()+7); cookieStr += "; expires=" + exdate.toGMTString(); cookieStr += "; path=/"; if ( domain ) { cookieStr += "; domain=" + encodeURIComponent( domain ); } if ( secure ) { cookieStr += "; secure"; } document.cookie = cookieStr; } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_ini = function (){ this.zfautm_bscPCap(); var url_search = document.location.search; for (var i = 0; i < ZFAdvLead.utmcustPNameArr.length ; i ++){ var zf_pN = ZFAdvLead.utmcustPNameArr[i]; var zf_pV; if ( zf_pN == 'referrername' ) { zf_pV = ( document.URL || '' ).slice( 0, 1500 ); } else { zf_pV = this.zfautm_gP(url_search, zf_pN); if (zf_pV == undefined || zf_pV == ''){ zf_pV = this.zfautm_gC(zf_pN); } } if ( typeof zf_pV !== "undefined" && zf_pV !== null & zf_pV != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj[ zf_pN ] = zf_pV; } } for (var pkey in ZFAdvLead.utmPValObj) { this.zfautm_sC(pkey); } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_bscPCap = function () { var trafSrc = this.zfautm_calcTrafSrc(); if ( trafSrc.source != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj.utm_source = trafSrc.source; } if ( trafSrc.medium != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj.utm_medium = trafSrc.medium; } if ( trafSrc.campaign != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj.utm_campaign = trafSrc.campaign; } if ( trafSrc.term != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj.utm_term = trafSrc.term; } if ( trafSrc.content != "" ) { ZFAdvLead.utmPValObj.utm_content = trafSrc.content; } } ZFAdvLead.prototype.zfautm_calcTrafSrc = function() { var u1='', u2='', u3='', u4='', u5=''; var search_engines = [['bing', 'q'], ['google', 'q'], ['yahoo', 'q'], ['baidu', 'q'], ['yandex', 'q'], ['ask', 'q']]; //List of search engines var ref = document.referrer; ref = ref.substr(ref.indexOf('//')+2); ref_domain = ref; ref_path = '/'; ref_search = ''; // Checks for campaign parameters var url_search = document.location.search; if(url_search.indexOf('utm_source') > -1 || url_search.indexOf('utm_medium') > -1 || url_search.indexOf('utm_campaign') > -1 || url_search.indexOf('utm_term') > -1 || url_search.indexOf('utm_content') > -1) { u1 = this.zfautm_gP(url_search, 'utm_source'); u2 = this.zfautm_gP(url_search, 'utm_medium'); u3 = this.zfautm_gP(url_search, 'utm_campaign'); u4 = this.zfautm_gP(url_search, 'utm_term'); u5 = this.zfautm_gP(url_search, 'utm_content'); } else if ( this.zfautm_gP(url_search, 'gclid')) { u1 = 'Google Ads'; u2 = 'cpc'; u3 = '(not set)'; if ( !ZFAdvLead.utmcustPNameArr.includes('gclid') ) { ZFAdvLead.utmcustPNameArr.push('gclid'); } } else if(ref) { var r_u1 = this.zfautm_gC('utm_source'); var r_u2 = this.zfautm_gC('utm_medium'); var r_u3 = this.zfautm_gC('utm_campaign'); var r_u4 = this.zfautm_gC('utm_term'); var r_u5 = this.zfautm_gC('utm_content'); if ( typeof r_u1 === "undefined" && typeof r_u2 === "undefined" && typeof r_u3 === "undefined" && typeof r_u4 === "undefined" && typeof r_u5 === "undefined") { // separate domain, path and query parameters if (ref.indexOf('/') > -1) { ref_domain = ref.substr(0,ref.indexOf('/')); ref_path = ref.substr(ref.indexOf('/')); if (ref_path.indexOf('?') > -1) { ref_search = ref_path.substr(ref_path.indexOf('?')); ref_path = ref_path.substr(0, ref_path.indexOf('?')); } } u2 = 'referral'; u1 = ref_domain; // Extract term for organic source for (var i=0; i -1){ u2 = 'organic'; u1 = search_engines[i][0]; u4 = this.zfautm_gP(ref_search, search_engines[i][1]) || '(not provided)'; break; } } } else { if ( typeof r_u1 !== "undefined" ) { u1 = r_u1; } if ( typeof r_u2 !== "undefined" ) { u2 = r_u2; } if ( typeof r_u3 !== "undefined" ) { u3 = r_u3; } if ( typeof r_u4 !== "undefined" ) { u4 = r_u4; } if ( typeof r_u5 !== "undefined" ) { u5 = r_u5; } } } else { var r_u1 = this.zfautm_gC('utm_source'); var r_u2 = this.zfautm_gC('utm_medium'); var r_u3 = this.zfautm_gC('utm_campaign'); var r_u4 = this.zfautm_gC('utm_term'); var r_u5 = this.zfautm_gC('utm_content'); if ( typeof r_u1 === "undefined" && typeof r_u2 === "undefined" && typeof r_u3 === "undefined" && typeof r_u4 === "undefined" && typeof r_u5 === "undefined") { var locRef = document.URL; locRef = locRef.substr(locRef.indexOf('//')+2); if (locRef.indexOf('/') > -1) { locRef = locRef.substr(0,locRef.indexOf('/')); } u1 = locRef; u2 = 'referral'; } else { if ( typeof r_u1 !== "undefined" ) { u1 = r_u1; } if ( typeof r_u2 !== "undefined" ) { u2 = r_u2; } if ( typeof r_u3 !== "undefined" ) { u3 = r_u3; } if ( typeof r_u4 !== "undefined" ) { u4 = r_u4; } if ( typeof r_u5 !== "undefined" ) { u5 = r_u5; } } } return { 'source' : u1, 'medium' : u2, 'campaign': u3, 'term' : u4, 'content' : u5 }; } ZFAdvLead.prototype.zfautm_gP = function(s, q) { try{ var match = s.match('[?&]' + q + '=([^&]+)'); return match ? decodeURIComponent(match[1]) : ''; } catch(e){ return ''; } } ZFAdvLead.prototype.zfautm_gC = function( cookieName ){ var cookieArr = document.cookie.split('; '); for ( var i = 0 ; i < cookieArr.length ; i ++ ){ var cookieVals = cookieArr[i].split('='); if ( cookieVals[0] === cookieName && cookieVals[1] ) { return decodeURIComponent(cookieVals[1]); } } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_gC_enc = function( cookieName ){ var cookieArr = document.cookie.split('; '); for ( var i = 0 ; i < cookieArr.length ; i ++ ){ var cookieVals = cookieArr[i].split('='); if ( cookieVals[0] === cookieName && cookieVals[1] ) { return cookieVals[1]; } } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_iframeSprt = function () { var zf_frame = document.getElementsByTagName("iframe"); for(var i = 0; i < zf_frame.length; ++i){ if((zf_frame[i].src).indexOf('formperma') > 0 ){ var zf_src = zf_frame[i].src; for( var prmIdx = 0 ; prmIdx < ZFAdvLead.utmPNameArr.length ; prmIdx ++ ) { var utmPm = ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ]; utmPm = ( ZFAdvLead.isSameDomian && ( ZFAdvLead.utmcustPNameArr.indexOf(utmPm) == -1 ) ) ? "zf_" + utmPm : utmPm; var utmVal = this.zfautm_gC_enc( ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ] ); if ( typeof utmVal !== "undefined" ) { if ( utmVal != "" ){ if(zf_src.indexOf('?') > 0){ zf_src = zf_src+'&'+utmPm+'='+ utmVal; }else{ zf_src = zf_src+'?'+utmPm+'='+ utmVal; } } } } if ( zf_frame[i].src.length < zf_src.length ) { zf_frame[i].src = zf_src; } } } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_DHtmlSprt = function () { var zf_formsArr = document.forms; for ( var frmInd = 0 ; frmInd < zf_formsArr.length ; frmInd ++ ) { var zf_form_act = zf_formsArr[frmInd].action; if ( zf_form_act && zf_form_act.indexOf('formperma') > 0 ){ for( var prmIdx = 0 ; prmIdx < ZFAdvLead.utmPNameArr.length ; prmIdx ++ ) { var utmPm = ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ]; var utmVal = this.zfautm_gC( ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ] ); if ( typeof utmVal !== "undefined" ) { if ( utmVal != "" ) { var fieldObj = zf_formsArr[frmInd][utmPm]; if ( fieldObj ) { fieldObj.value = utmVal; } } } } } } }; ZFAdvLead.prototype.zfautm_jsEmbedSprt = function ( id ) { document.getElementById('zforms_iframe_id').removeAttribute("onload"); var jsEmbdFrm = document.getElementById("zforms_iframe_id"); var embdSrc = jsEmbdFrm.src; for( var prmIdx = 0 ; prmIdx < ZFAdvLead.utmPNameArr.length ; prmIdx ++ ) { var utmPm = ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ]; utmPm = ( ZFAdvLead.isSameDomian && ( ZFAdvLead.utmcustPNameArr.indexOf(utmPm) == -1 ) ) ? "zf_" + utmPm : utmPm; var utmVal = this.zfautm_gC_enc( ZFAdvLead.utmPNameArr[ prmIdx ] ); if ( typeof utmVal !== "undefined" ) { if ( utmVal != "" ) { if(embdSrc.indexOf('?') > 0){ embdSrc = embdSrc+'&'+utmPm+'='+utmVal; }else{ embdSrc = embdSrc+'?'+utmPm+'='+utmVal; } } } } jsEmbdFrm.src = embdSrc; }; var zfutm_zfAdvLead = new ZFAdvLead(); zfutm_zfAdvLead.zfautm_ini(); if( document.readyState == "complete" ){ zfutm_zfAdvLead.zfautm_iframeSprt(); zfutm_zfAdvLead.zfautm_DHtmlSprt(); } else { window.addEventListener('load', function (){ zfutm_zfAdvLead.zfautm_iframeSprt(); zfutm_zfAdvLead.zfautm_DHtmlSprt(); }, false); } Si estás usando la biblioteca jQuery, entonces no olvides envolver tu código dentro de jQuery.ready() así: jQuery(document).ready(function( $ ){ // Tu código aquí dentro }); -- Si quieres enlazar a un archivo JavaScript que resida en otro servidor (como ), entonces, por favor, usa la página «Añadir código HTML» , ya que es un código HTML que enlaza a un archivo JavaScript. Fin del comentario */