WikiTips de mentorDay

Identifique sua hipótese

IDENTIFICAR SUA HIPÓTESE

Acelere seus negócios com estas dicas de especialistas sobre "Identifique sua hipótese". Analise e descubra essa DICA!

No processo de criação de sua empresa, uma hipótese é a afirmação ou suposição que o empreendedor faz sobre todas as partes vitais de seu modelo de negócios. São as ideias que saem de sua cabeça e não são contrastadas, são baseadas em intuições, em declarações do tipo "Eu acredito que ....". No início do processo de criação, tudo é hipótese, até começarmos a sair às ruas para falar com os clientes... a menos que tenhamos muita experiência no setor e saibamos em primeira mão o problema do cliente, como chegar até ele, quanto está disposto a pagar... etc.

PREMISSAS FUNDAMENTAIS

Uma suposição-chave (também conhecida como "suposição central") é uma suposição fundamental que sustenta um modelo de negócios ou um plano estratégico. Essas premissas estão relacionados aos fatores críticos de sucesso da empresa e representam as suposições que o empreendedor faz sobre sua empresa, o mercado e os clientes. As principais premissas são importantes porque, se não forem validadas, podem colocar em risco a viabilidade e o sucesso do empreendimento.

Exemplos de premissas-chave em uma empresa incluem:

  • Os clientes estão dispostos a pagar por nosso produto/serviço.
  • Nosso produto/serviço é o melhor do mercado.
  • Nossa estratégia de marketing atrairá clientes suficientes.
  • Nossa equipe tem a experiência necessária para realizar o projeto.
  • A tecnologia que usamos é suficientemente avançada para atender às necessidades de nossos clientes.
  • Os clientes estão dispostos a comprar on-line sem ver ou experimentar o produto fisicamente.

Essas são apenas algumas das muitas premissas-chave possíveis que podem ser relevantes para um determinado negócio. É importante identificar quais são as principais premissas que sustentam o modelo de negócios e validá-las para minimizar os riscos e aumentar a probabilidade de sucesso. Portanto, é essencial que os empreendedores identifiquem e validem essas hipóteses antes de lançar seus negócios. Essas premissas que, se comprovadamente incorretas, podem colocar em risco nosso modelo de negócios e nos forçar a pivô (consulte+ DICA).

SUPOSIÇÃO MAIS ARRISCADA

Suposições mais arriscadas são aqueles que representam os maiores riscos e as suposições críticas que uma empresa tem sobre seu modelo de negócios. As premissas mais arriscadas são aquelas que envolvem o maior risco para o modelo de negócios, seja porque há um alto grau de incerteza sobre eles ou porque envolvem um custo/risco que deve ser cuidadosamente controlado. Essas suposições têm o potencial de invalidar todo o modelo de negócios se não forem testadas adequadamente. Portanto, é importante identificar e testar essas hipóteses antecipadamente e com rigor para minimizar os riscos e maximizar as chances de sucesso. 

Exemplos de cenários de maior risco podem ser:

  • Os clientes estarão dispostos a pagar por nossa solução porque ela oferece uma funcionalidade exclusiva que não é encontrada na concorrência.
  • Nossa solução será mais eficiente e fácil de usar do que as opções atuais no mercado, o que atrairá um grande número de clientes.
  • Os clientes estarão dispostos a pagar mais por nossa solução porque ela oferece um valor agregado que não é encontrado em nossos concorrentes.
  • A solução que oferecemos é única no mercado, portanto, os clientes estarão dispostos a pagar um preço premium por ela.
  • Nossa solução oferece uma solução para um problema importante que afeta os clientes, o que aumentará a satisfação e a fidelidade do cliente.

Ao testar essas hipóteses de maior risco, o empreendedor pode compreender melhor seu modelo de negócios, identificar possíveis problemas e ajustar sua estratégia de acordo. Além disso, devemos identificar, a partir de hipóteses em cada um dos 9 módulos do tela (ver+).

IDENTIFICAÇÃO DE HIPÓTESES DE CLIENTES

As hipóteses de clientes referem-se às suposições que um empresário faz sobre seus clientes potenciais. Essas hipóteses são importantes para o desenvolvimento do modelo de negócios, pois permitem que a empresa entenda quem são seus clientes, quais são suas necessidades e como podem atender a essas necessidades de forma eficaz.

Alguns exemplos de suposições de clientes são:

  • Os clientes estarão dispostos a pagar por nosso produto/serviço.
  • Os clientes estão insatisfeitos com as opções atuais do mercado.
  • Os clientes precisam de uma solução mais eficiente/econômica.
  • Os clientes valorizam mais a qualidade do produto/serviço do que o preço.
  • Os clientes estão dispostos a comprar nosso produto/serviço on-line.

É importante lembrar que essas são apenas hipóteses e precisam ser validadas por meio de pesquisa e interação com clientes potenciais. Ou seja, sobre quem é o nosso cliente. Lembre-se de que a hipótese sobre quem é o cliente deve se concentrar no segmento do adotantes iniciais (ver+) (nunca para o mercado de massa)..., pois eles são as melhores pessoas para começar a testar nosso modelo de negócios.

Quem é seu cliente?

A seguir, alguns exemplos de segmentos hipotéticos de clientes que um empreendedor pode ter ao abrir uma nova empresa:

  1. Os clientes potenciais de meu produto/serviço são jovens adultos entre 18 e 30 anos que vivem em áreas urbanas.
  2. Meu produto/serviço atrairá profissionais de negócios que trabalham no setor financeiro e que precisam de soluções tecnológicas para aprimorar seus processos.
  3. Os pais de crianças pequenas serão meu principal segmento de clientes, pois meu produto/serviço se concentra na educação infantil.
  4. Meu produto/serviço será usado principalmente por pessoas com mais de 65 anos que desejam melhorar sua saúde e bem-estar.
  5. As pequenas empresas locais serão meu principal segmento de clientes, pois meu produto/serviço oferece soluções acessíveis e personalizadas para suas necessidades específicas.

Essas são apenas algumas suposições comuns, mas é importante ter em mente que cada empresa é única e exigirá suposições adaptadas ao seu modelo de negócios específico e às necessidades de seus clientes em potencial. Para identificar as suposições que foram feitas sobre quem poderia ser o segmento de clientes de um empreendedor, as seguintes etapas podem ser seguidas:

  1. Identifique quem são os clientes em potencial para o produto ou serviço que você deseja oferecer. Nessa etapa, o perfil básico dos clientes deve ser definido, como idade, sexo, localização geográfica, nível socioeconômico etc.
  2. Fazer suposições sobre clientes potenciais.. Essas premissas devem se basear em informações de mercado existentes e devem ser específicas o suficiente para serem medidas e avaliadas.
  3. Priorizar as hipóteses e estabelecer uma ordem de importância. Isso ajudará a concentrar esforços e recursos na validação das hipóteses mais críticas e relevantes.
  4. Elaborar um plano para validar as hipóteses. Isso pode incluir a realização de pesquisas, entrevistas com clientes potenciais, análise de dados, testes de produtos, entre outros.
  5. Meça os resultados e ajuste as suposições. Depois que os dados forem coletados, eles devem ser analisados para determinar se as hipóteses são verdadeiras ou não. Se for constatado que alguma hipótese está incorreta, ela deve ser ajustada e revalidada.

Seguindo essas etapas, o empreendedor pode identificar e validar as suposições que fez sobre seu segmento de clientes, o que lhe permitirá ajustar sua estratégia e concentrar seus esforços e recursos no público-alvo certo.

DEFINIR AS HIPÓTESES DO PROBLEMA

As hipóteses de problemas são suposições feitas por um empreendedor sobre as necessidades, os desejos ou os problemas de seu segmento específico de clientes que a empresa deve resolver. Essas hipóteses devem ser validadas para garantir que o problema seja real e importante o suficiente para justificar o desenvolvimento de uma solução. As hipóteses de problemas podem incluir suposições sobre necessidades não atendidas dos clientes, deficiências em produtos ou serviços existentes no mercado, custos associados a soluções existentes ou quaisquer outros problemas que o empreendedor acredite que sua empresa possa resolver. 

Exemplos de hipóteses de problemas podem ser:

  • Os clientes estão insatisfeitos com a qualidade dos produtos atuais no mercado.
  • Os clientes estão dispostos a pagar mais por um produto que resolva seus problemas de forma mais eficaz.
  • Os clientes têm dificuldade em encontrar soluções existentes que atendam às suas necessidades.
  • Há um grande número de clientes potenciais que não são atendidos no mercado atual.

A validação das hipóteses de problemas envolve conversar com clientes em potencial para entender melhor suas necessidades e desejos e analisar os dados de mercado para verificar se há uma oportunidade real de negócios. Se as hipóteses do problema forem validadas com sucesso, isso fornecerá a base para a definição de uma solução que resolva o problema e atenda às necessidades do cliente. Devemos estabelecer o problema que queremos resolver de forma clara e simples, e ele deve estar relacionado à hipótese do cliente (já que os problemas não existem "em um vácuo", mas são os clientes que têm os problemas).

Qual é a necessidade ou o problema real de seu cliente?

Alguns exemplos de hipóteses de segmentos de clientes sobre problemas ou necessidades reais dos clientes:

  1. Os estudantes universitários têm problemas para encontrar acomodações de qualidade e econômicas perto de seus campi.
  2. Os donos de animais de estimação estão dispostos a pagar por serviços de alta qualidade para passear e cuidar de animais de estimação.
  3. Os funcionários de escritório têm problemas ergonômicos e dores nas costas devido às longas horas sentados em frente ao computador.
  4. Os pais de crianças pequenas acham difícil encontrar alimentos saudáveis e convenientes para seus filhos nos supermercados.
  5. Os proprietários de empresas lutam para encontrar serviços contábeis confiáveis e acessíveis para suas pequenas empresas.
  6. Os idosos têm problemas de isolamento social e mobilidade.
  7. Os atletas casuais têm dificuldade em encontrar roupas esportivas acessíveis e de alta qualidade.

Essas hipóteses devem ser validadas por meio de pesquisas de mercado e discussões com clientes potenciais antes de tomar decisões críticas sobre o desenvolvimento de produtos ou serviços e a estratégia da empresa.

IDENTIFICAR HIPÓTESES DE SOLUÇÃO:

As hipóteses de solução são as suposições que o empreendedor faz sobre como resolver o problema identificado e satisfazer as necessidades e os desejos dos clientes. Essas suposições geralmente estão relacionadas ao produto ou serviço a ser oferecido aos clientes.

Exemplos de cenários de solução podem ser:

  • A solução que estamos desenvolvendo será mais eficaz do que as soluções existentes no mercado.
  • Nosso produto/serviço será mais fácil de usar do que as opções atuais.
  • A solução que estamos oferecendo proporcionará uma experiência única ao cliente, não encontrada no mercado.
  • Os clientes estarão dispostos a pagar mais por nossa solução devido aos benefícios adicionais que ela oferece.
  • A solução que estamos desenvolvendo é única no mercado e não há concorrência direta.
  • Nosso produto/serviço será dimensionável e poderemos adaptá-lo às necessidades de nossos clientes à medida que elas mudarem com o tempo.

É importante que o empreendedor valide essas hipóteses por meio de testes e experimentos para garantir que sua solução realmente atenda às necessidades dos clientes e ofereça uma vantagem competitiva no mercado. Isto é, o que quer dizer, que tipo de produto ou serviço acreditamos ser o melhor para resolver o problema desses clientes. Mesmo que sejamos claros sobre isso, é uma boa idéia não incluí-lo na primeira iteração, pois pode nos limitar a ir ao mercado e falar com os clientes.

A qualidade de sua solução

Exemplos de hipóteses sobre a qualidade da solução fornecida pelo empreendedor podem ser:

  1. Os clientes estarão dispostos a pagar por nossa solução porque ela oferece uma funcionalidade exclusiva que não é encontrada na concorrência.
  2. Nossa solução será mais eficiente e fácil de usar do que as opções atuais no mercado, o que atrairá um grande número de clientes.
  3. Os clientes estarão dispostos a pagar mais por nossa solução porque ela oferece um valor agregado que não é encontrado em nossos concorrentes.
  4. A solução que oferecemos é única no mercado, portanto, os clientes estarão dispostos a pagar um preço premium por ela.
  5. Nossa solução oferece uma solução para um problema importante que afeta os clientes, o que aumentará a satisfação e a fidelidade do cliente.

ETAPAS PARA VALIDAR AS PREMISSAS DA SOLUÇÃO:

  1. Defina a hipótese da solução: A hipótese de solução é uma declaração clara e concisa do problema que está sendo abordado e da solução proposta. É importante definir claramente a hipótese de solução para validá-la com eficácia.
  2. Identificar clientes potenciais: A identificação de clientes potenciais é fundamental para a validação da hipótese da solução. É importante entender quem são os clientes, quais são suas necessidades e se eles estão dispostos a pagar pela solução proposta.
  3. Criar um protótipo: A criação de protótipos do produto ou serviço é uma maneira eficaz de validar a hipótese da solução. O protótipo pode ser uma versão simplificada do produto ou serviço que é usada para testar a solução em um ambiente controlado.
  4. Teste a solução: Testar a solução com clientes potenciais é uma maneira eficaz de validar a hipótese da solução. É importante obter feedback dos clientes sobre o protótipo e fazer ajustes, se necessário.
  5. Medição de resultados: Medir os resultados do teste da solução é importante para validar a hipótese da solução. É importante medir se os clientes estão dispostos a pagar pela solução, se o produto ou serviço resolve efetivamente o problema e se há demanda suficiente para o produto ou serviço.
  6. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes na hipótese da solução e tentar novamente. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a solução para atender às necessidades dos clientes.

Em resumo, a validação da hipótese de solução é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Ela permite que o empreendedor entenda melhor seus clientes e crie uma solução que atenda às suas necessidades. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar efetivamente suas hipóteses de solução e criar uma empresa bem-sucedida.

IDENTIFICAR AS PREMISSAS DE PREÇO

Alguns exemplos de suposições sobre o preço de venda que achamos que nossos clientes estarão dispostos a pagar:

  1. Os clientes estarão dispostos a pagar um preço premium por nossa solução porque ela oferece recursos exclusivos e valor agregado em comparação com as opções atuais no mercado.
  2. Podemos oferecer um preço mais baixo do que a concorrência e ainda manter uma margem de lucro saudável devido aos nossos baixos custos de produção.
  3. Ao oferecer preços com desconto aos clientes de primeira viagem, poderemos aumentar nossa base de clientes e atrair um número significativo de compradores recorrentes.
  4. Ajustando constantemente nossos preços de acordo com a demanda do mercado, conseguimos maximizar nossos lucros e permanecer competitivos.
  5. Ao oferecer diferentes níveis de preços e planos de assinatura, podemos atrair diferentes segmentos de clientes com diferentes orçamentos e necessidades.

ETAPAS PARA VALIDAR AS PREMISSAS DE PREÇO:

  1. Defina a suposição de preço: A premissa de preço é uma declaração clara e concisa do preço a ser cobrado pelo produto ou serviço. É importante definir claramente a suposição de preço para validá-la de forma eficaz.
  2. Identificar clientes potenciais: A identificação de clientes potenciais é fundamental para a validação da hipótese de preço. É importante entender quem são os clientes, quais são suas necessidades e se eles estão dispostos a pagar o preço proposto.
  3. Crie um protótipo do produto ou serviço: A criação de um protótipo do produto ou serviço é uma maneira eficaz de validar a hipótese do preço. O protótipo pode ser uma versão simplificada do produto ou serviço que é usada para testar o preço em um ambiente controlado.
  4. Realizar pesquisas de mercado: A realização de pesquisas de mercado é uma maneira eficaz de validar a hipótese de preço. É importante conhecer o preço dos concorrentes e compará-lo com o preço proposto para garantir que o preço seja competitivo.
  5. Realizar testes de preço: O teste de preço é uma maneira eficaz de validar a hipótese de preço. O teste pode ser realizado em um grupo de clientes potenciais selecionados aleatoriamente para avaliar sua disposição de pagar o preço proposto.
  6. Medição de resultados: Medir os resultados dos testes de preço é importante para validar a hipótese de preço. É importante medir se os clientes estão dispostos a pagar o preço proposto e se há demanda suficiente para o produto ou serviço.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes na suposição de preço e realizar testes de preço adicionais. É importante estar disposto a se adaptar e ajustar o preço para atender às necessidades do cliente.

A validação da hipótese de preço é uma parte essencial do processo de criação de negócios. Ela permite que o empreendedor entenda melhor seus clientes e crie um preço que seja atraente e competitivo. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar efetivamente suas hipóteses de preço e criar um negócio bem-sucedido.

IDENTIFICAR SUPOSIÇÕES SOBRE FLUXOS DE RECEITA E COMO MONETIZÁ-LOS

Exemplos de fluxos de receita hipotéticos e formas de monetização podem incluir:

  • Os clientes estarão dispostos a pagar uma taxa mensal pelo nosso serviço.
  • A publicidade será nossa principal fonte de renda.
  • Ofereceremos uma versão básica gratuita de nosso produto, mas cobraremos pelos recursos adicionais.
  • Venderemos produtos físicos além de nosso serviço on-line para gerar receita adicional.
  • Usaremos um modelo de assinatura freemium para atrair clientes, mas esperamos que muitos façam upgrade para uma versão paga.
  • Ofereceremos descontos aos clientes que comprarem grandes quantidades de nosso produto.
  • Os clientes estarão dispostos a pagar mais pelo nosso produto premium, que oferece recursos adicionais e serviço aprimorado.
  • Usaremos publicidade nativa para monetizar nosso aplicativo móvel.
  • Cobraremos uma taxa pelas transações realizadas por meio de nossa plataforma.
  • Usaremos uma estratégia dinâmica de preços para maximizar nossas receitas.

ETAPAS PARA VALIDAR AS SUPOSIÇÕES DE MONETIZAÇÃO:

  1. Definir a hipótese sobre fontes de receita e como monetizar: A hipótese de fluxos de receita e monetização é uma declaração clara e concisa de como você gerará receita e monetizará seu produto ou serviço. É importante definir claramente os fluxos de receita e a hipótese de monetização para validá-la de forma eficaz.
  2. Identificar clientes potenciais: A identificação de clientes potenciais é fundamental para validar suposições sobre fluxos de receita e como monetizar. É importante entender quem são os clientes, quais são suas necessidades e se eles estão dispostos a pagar pelo produto ou serviço.
  3. Crie um protótipo do produto ou serviço: A criação de protótipos do produto ou serviço é uma maneira eficaz de validar suposições sobre fluxos de receita e como monetizar. O protótipo pode ser uma versão simplificada do produto ou serviço que é usada para testar diferentes fluxos de receita e estratégias de monetização.
  4. Realizar pesquisas de mercado: A realização de pesquisas de mercado é uma maneira eficaz de validar suposições sobre fluxos de receita e como monetizar. É importante conhecer o mercado e os concorrentes para identificar diferentes fluxos de receita e estratégias de monetização que possam ser eficazes.
  5. Realizar testes de monetização: O teste de monetização é uma maneira eficaz de validar hipóteses sobre fluxos de receita e como monetizar. Os testes podem ser realizados em um grupo selecionado aleatoriamente de clientes em potencial para avaliar sua disposição a pagar e a eficácia de diferentes estratégias de monetização.
  6. Medição de resultados: Medir os resultados dos testes de monetização é importante para validar as suposições sobre os fluxos de receita e como monetizar. É importante medir se os clientes estão dispostos a pagar pelo produto ou serviço e se há demanda suficiente para as diferentes estratégias de monetização.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições sobre os fluxos de receita e como monetizar e realizar testes adicionais de monetização. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia de monetização para atender às necessidades dos clientes.

A validação de hipóteses sobre fluxos de receita e como monetizar é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Ela permite que o empreendedor entenda melhor como gerar receita e monetizar o produto ou serviço. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar efetivamente suas hipóteses sobre fluxos de receita e como monetizar e criar uma empresa bem-sucedida.

IDENTIFICAR HIPÓTESES SOBRE CANAIS DE MARKETING

Exemplos de premissas de canais de marketing para aquisição de clientes podem ser:

  1. Os clientes em potencial preferem comprar nossos produtos por meio de uma loja on-line em vez de uma loja física.
  2. Nossa presença nas mídias sociais é suficiente para atrair um grande número de clientes para nosso site.
  3. Eventos e feiras comerciais são a melhor maneira de atingir nosso público-alvo e gerar vendas.
  4. A publicidade on-line por meio de plataformas pay-per-click é mais eficaz do que a publicidade na mídia tradicional.
  5. A venda direta é a maneira mais eficaz de alcançar nossos clientes e fechar vendas.

ETAPAS PARA VALIDAR AS HIPÓTESES DO CANAL:

  1. Definir a hipótese do canal de marketing: A hipótese do canal de marketing é uma declaração clara e concisa sobre os canais que serão usados para levar o produto ou serviço ao mercado. É importante definir claramente a hipótese do canal de marketing para validá-la com eficácia.
  2. Identificar clientes potenciais: A identificação de clientes potenciais é fundamental para validar as hipóteses do canal de marketing. É importante entender quem são os clientes, quais são suas necessidades e onde eles podem ser alcançados.
  3. Investigar os canais de marketing: Investigar os canais de marketing é uma maneira eficaz de validar hipóteses sobre os canais de marketing. É importante entender os diferentes canais usados para alcançar os clientes, como publicidade on-line, mídia social, eventos e feiras comerciais, e avaliar sua eficácia.
  4. Criar uma estratégia de marketing: Criar uma estratégia de marketing é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre os canais de marketing. A estratégia deve incluir a identificação dos canais que serão usados para alcançar os clientes, os custos associados a cada canal e como a eficácia de cada canal será medida.
  5. Realizar testes de marketing: O marketing de teste é uma maneira eficaz de validar hipóteses sobre os canais de marketing. Os testes podem ser realizados em um grupo de clientes potenciais selecionados aleatoriamente para avaliar a eficácia de diferentes canais.
  6. Medição de resultados: A medição dos resultados do marketing de teste é importante para validar as suposições sobre os canais de marketing. É importante medir se os clientes estão sendo alcançados de forma eficaz por meio dos diferentes canais e se há demanda suficiente para o produto ou serviço.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições do canal de marketing e realizar testes de marketing adicionais. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia de marketing para atender às necessidades dos clientes.

A validação das hipóteses do canal de marketing é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Ela permite que o empreendedor entenda melhor como alcançar os clientes de forma eficaz. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar com eficácia suas hipóteses de canal de marketing e criar um negócio bem-sucedido.

IDENTIFICAR HIPÓTESES SOBRE FORMAS DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

Exemplos de formas hipotéticas de relacionamento com o cliente podem ser:

  1. Os clientes preferem atenção personalizada em todos os momentos e estão dispostos a pagar mais por isso.
  2. Os clientes preferem uma experiência de compra autônoma e não estão interessados em interagir com um agente de vendas.
  3. Os clientes estão dispostos a comprar produtos complementares se receberem a oferta certa.
  4. Os clientes esperam um serviço pós-venda excepcional e estão dispostos a recomendar a empresa se estiverem satisfeitos com o serviço recebido.
  5. Os clientes valorizam mais a velocidade do serviço e a solução de problemas do que outros fatores em seu relacionamento com a empresa.
  6. Os clientes preferem uma comunicação constante e personalizada da empresa para mantê-los informados sobre novidades e ofertas.
  7. Os clientes esperam uma resposta imediata às suas perguntas e dúvidas, e valorizam a disponibilidade e a velocidade do serviço.
  8. Os clientes preferem um canal de comunicação específico para interagir com a empresa, como mídia social, e-mail ou telefone.
  9. Os clientes preferem uma relação de confiança e transparência com a empresa, por isso é importante manter uma comunicação honesta e direta.
  10. Os clientes esperam que a empresa tenha um compromisso social e ético, por isso valorizam as ações de responsabilidade social e sustentabilidade da empresa.

ETAPAS PARA VALIDAR AS HIPÓTESES DE RELACIONAMENTO COM O CLIENTE:

  1. Definir a hipótese sobre as formas de relacionamento com o cliente: A hipótese de relacionamento com o cliente é uma declaração clara e concisa de como você irá interagir com os clientes. É importante definir claramente a hipótese de relacionamento com o cliente para validá-la com eficácia.
  2. Identificar clientes potenciais: A identificação de clientes potenciais é fundamental para validar hipóteses sobre como interagir com o cliente. É importante entender quem são os clientes, quais são suas necessidades e como eles preferem interagir com as empresas.
  3. Faça um protótipo da experiência do cliente: A criação de protótipos da experiência do cliente é uma maneira eficaz de validar hipóteses sobre formas de interação com o cliente. O protótipo pode ser uma versão simplificada do produto ou serviço que é usada para testar diferentes formas de interação com o cliente.
  4. Realizar pesquisas de mercado: A realização de pesquisas de mercado é uma forma eficaz de validar hipóteses sobre as maneiras pelas quais interagimos com os clientes. É importante entender as diferentes maneiras pelas quais os clientes preferem interagir com as empresas e avaliar sua eficácia.
  5. Realizar testes de experiência do cliente: O teste de experiência do cliente é uma maneira eficaz de validar hipóteses sobre as formas de interação com os clientes. Os testes podem ser realizados em um grupo de clientes potenciais selecionados aleatoriamente para avaliar a eficácia de diferentes formas de interação com o cliente.
  6. Medição de resultados: A medição dos resultados dos testes de experiência do cliente é importante para validar hipóteses sobre as formas de interação com o cliente. É importante medir se os clientes estão satisfeitos com a experiência do cliente e se há demanda suficiente para as diferentes formas de interação com o cliente.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições sobre as formas de engajamento com o cliente e realizar testes adicionais. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia de relacionamento com o cliente para atender às necessidades dos clientes.

A validação de hipóteses sobre a maneira como nos relacionamos com o cliente é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Ela permite que o empreendedor entenda melhor como interagir com os clientes de forma eficaz. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar com eficácia suas hipóteses sobre o relacionamento com o cliente e criar um negócio bem-sucedido.

IDENTIFICAR HIPÓTESES SOBRE FONTES DE FINANCIAMENTO QUE PODEMOS LEVANTAR

Exemplos de fontes hipotéticas de financiamento que poderiam ser levantadas incluem:

  1. Os capitalistas de risco terão interesse em investir em nosso negócio devido ao seu potencial de crescimento.
  2. Podemos obter financiamento por meio de um empréstimo bancário para financiar nossas operações iniciais.
  3. Os programas de financiamento do governo podem ser uma boa fonte de financiamento para nossos negócios.
  4. Podemos levantar fundos por meio de crowdfunding on-line para financiar nosso projeto.
  5. Uma rodada de financiamento de amigos e familiares pode fornecer o financiamento inicial de que precisamos para lançar nosso negócio.

Afirmações que são perigosas se você não as validar suficientemente antes de abrir sua empresa

COMO VALIDAR AS SUPOSIÇÕES DE FONTES DE FINANCIAMENTO:

  1. Defina a suposição sobre as fontes de financiamento: A hipótese das fontes de financiamento é uma declaração clara e concisa das fontes de financiamento que podem ser usadas para financiar o negócio. É importante definir claramente a hipótese das fontes de financiamento para validá-la com eficácia.
  2. Identificar as diferentes fontes de financiamento: Identificar as diferentes fontes de financiamento é essencial para a validação das suposições sobre as fontes de financiamento. É importante estar ciente das diferentes fontes de financiamento disponíveis, como investidores anjos, capital de risco, empréstimos bancários e crowdfunding.
  3. Investigar diferentes fontes de financiamento: A pesquisa de diferentes fontes de financiamento é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre as fontes de financiamento. É importante entender as diferentes características e exigências de cada fonte de financiamento, bem como os termos e condições associados.
  4. Criar uma estratégia de financiamento: Criar uma estratégia de financiamento é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre as fontes de financiamento. A estratégia deve incluir a identificação das fontes de financiamento que serão usadas para financiar o negócio, os custos associados a cada fonte de financiamento e como a eficácia de cada fonte de financiamento será medida.
  5. Realizar testes de financiamento: A realização de testes de financiamento é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre as fontes de financiamento. Os testes podem ser realizados em um grupo selecionado aleatoriamente de possíveis investidores ou credores para avaliar sua disposição de financiar o negócio e avaliar a eficácia de diferentes fontes de financiamento.
  6. Medição de resultados: Medir os resultados dos testes de financiamento é importante para validar as suposições sobre as fontes de financiamento. É importante medir se os investidores ou credores estão dispostos a financiar a empresa e se há demanda suficiente para as diferentes fontes de financiamento.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições sobre as fontes de financiamento e realizar testes adicionais de financiamento. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia de financiamento para atender às necessidades dos investidores ou credores.

A validação de hipóteses sobre fontes de financiamento é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Ela permite que o empreendedor entenda melhor como financiar o negócio e quais fontes de financiamento são mais eficazes. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar com eficácia suas hipóteses sobre fontes de financiamento e criar uma empresa bem-sucedida.

IDENTIFICAR SUPOSIÇÕES SOBRE OS PRINCIPAIS RECURSOS

As principais premissas de recursos que podem ser feitas incluem:

  1. Para operar de forma eficaz, nossa empresa precisa de uma plataforma tecnológica segura e dimensionável.
  2. Nossa empresa precisará de uma equipe de engenheiros altamente qualificados para desenvolver e manter nosso produto.
  3. Nossa empresa precisa de uma forte presença nas mídias sociais para criar e manter uma comunidade de usuários fiéis.
  4. Para sermos bem-sucedidos no mercado, precisamos estabelecer alianças estratégicas com outras empresas do setor.
  5. Para oferecer um serviço de alta qualidade, precisamos ter uma cadeia de suprimentos eficiente e confiável.
  6. Nossa empresa precisa de uma rede de fornecedores de qualidade para garantir a disponibilidade e a qualidade dos produtos e serviços que oferecemos.
  7. Para oferecer um atendimento excepcional ao cliente, precisamos contratar uma equipe de atendimento ao cliente altamente qualificada e experiente.
  8. Nossa empresa precisa de um forte orçamento de marketing para aumentar o conhecimento da marca e atrair novos clientes.
  9. Para sermos competitivos no mercado, precisamos ter acesso a tecnologias emergentes e ferramentas de análise de dados.
  10. Para ter sucesso no setor, precisamos de uma estratégia sólida de propriedade intelectual e de um portfólio sólido de patentes.

ETAPAS PARA VALIDAR HIPÓTESES RELACIONADAS AOS PRINCIPAIS RECURSOS

  1. Definir a hipótese sobre os principais recursos: A hipótese de recursos-chave é uma declaração clara e concisa dos recursos necessários para construir e operar o negócio. É importante definir claramente a hipótese de recursos-chave para validá-la com eficácia.
  2. Identificar os principais recursos necessários: Identificar os principais recursos necessários é fundamental para validar as principais premissas de recursos. É importante saber quais recursos são necessários para construir e operar o negócio, como tecnologia, pessoal, materiais e espaço físico.
  3. Avaliar a disponibilidade dos principais recursos: Avaliar a disponibilidade dos principais recursos é uma forma eficaz de validar as suposições sobre os principais recursos. É importante conhecer a disponibilidade dos recursos no mercado e avaliar se eles estão disponíveis a um preço razoável.
  4. Identificar alternativas para os principais recursos: Identificar alternativas para os principais recursos é importante para validar as suposições sobre os principais recursos. É importante ter alternativas para os principais recursos, caso eles não estejam disponíveis ou não sejam acessíveis.
  5. Teste os principais recursos: Testar os principais recursos é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre os principais recursos. Os testes podem incluir a avaliação da eficácia da tecnologia, do treinamento e da retenção da equipe, da qualidade dos materiais e da adequação do espaço físico.
  6. Medição de resultados: Medir os resultados dos testes com os principais recursos é importante para validar as suposições sobre os principais recursos. É importante medir se os recursos são eficazes e se estão sendo usados de forma eficiente.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições dos recursos-chave e realizar testes adicionais. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia de recursos-chave para atender às necessidades da empresa.

A validação de suposições sobre os principais recursos é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Isso permite que o empreendedor entenda melhor quais recursos são necessários para construir e operar o negócio de forma eficaz. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar efetivamente suas suposições sobre os principais recursos e criar uma empresa bem-sucedida.

IDENTIFICAR SUPOSIÇÕES SOBRE OS PRINCIPAIS PARCEIROS

Exemplos de hipóteses de parceiros-chave podem ser:

  1. Precisamos fazer parceria com um provedor de logística confiável para garantir entregas rápidas e precisas aos nossos clientes.
  2. Precisamos estabelecer relacionamentos com empresas de marketing digital para nos ajudar a aumentar nossa visibilidade on-line e atrair mais clientes.
  3. É importante colaborar com empresas de tecnologia para desenvolver novas ferramentas e aumentar a eficiência de nossos negócios.
  4. Precisamos estabelecer uma parceria com uma empresa líder em nosso setor para nos ajudar a nos estabelecer como uma marca confiável no mercado.
  5. Precisamos trabalhar com um parceiro estratégico para acessar novos mercados e aumentar nossa presença global.

ETAPAS PARA VALIDAR OS PRINCIPAIS RECURSOS

  1. Definir a hipótese sobre os principais parceiros: A hipótese do parceiro-chave é uma declaração clara e concisa dos parceiros necessários para construir e operar o negócio. É importante definir claramente a hipótese do parceiro-chave para validá-la com eficácia.
  2. Identificar os principais parceiros necessários: Identificar os principais parceiros necessários é essencial para a validação das premissas dos principais parceiros. É importante conhecer os parceiros necessários para construir e operar o negócio, como fornecedores, parceiros estratégicos, investidores e colaboradores.
  3. Avaliar a disponibilidade dos principais parceiros: Avaliar a disponibilidade dos principais parceiros é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre eles. É importante conhecer a disponibilidade dos principais parceiros no mercado e avaliar se eles estão disponíveis e dispostos a colaborar com a empresa.
  4. Identificar alternativas para os principais parceiros: Identificar alternativas para os principais parceiros é importante para validar as suposições sobre os principais parceiros. É importante ter alternativas para os principais parceiros, caso eles não estejam disponíveis ou não sejam adequados para a empresa.
  5. Realizar testes com os principais parceiros: Testar com os principais parceiros é uma maneira eficaz de validar as suposições sobre os principais parceiros. Os testes podem incluir a avaliação da eficácia da colaboração, a qualidade dos produtos ou serviços fornecidos e a adequação dos termos e condições.
  6. Medição de resultados: Medir os resultados dos testes com os principais parceiros é importante para validar as suposições sobre os principais parceiros. É importante medir se os parceiros são eficazes e se estão agregando valor ao negócio.
  7. Faça ajustes, se necessário: Se os resultados não forem os esperados, é importante fazer ajustes nas suposições do parceiro-chave e realizar testes adicionais. É importante estar disposto a adaptar e ajustar a estratégia do parceiro-chave para atender às necessidades da empresa.

Em resumo, a validação de hipóteses sobre os principais parceiros é uma parte essencial do processo de criação de uma empresa. Isso permite que o empreendedor entenda melhor quais parceiros são necessários para criar e operar a empresa de forma eficaz. Seguindo essas etapas, os empreendedores podem validar com eficácia suas hipóteses sobre os principais parceiros e criar uma empresa bem-sucedida.

IDENTIFICAR AS PREMISSAS DA ESTRUTURA DE CUSTOS

Exemplos de premissas de estrutura de custos podem incluir:

  1. Nossos custos fixos serão baixos, o que nos permitirá oferecer preços mais competitivos do que os de nossos concorrentes.
  2. O custo de aquisição de clientes será alto, mas compensará a longo prazo por meio da fidelidade do cliente.
  3. Nossos custos de produção diminuirão à medida que nosso volume de vendas aumentar.
  4. Usaremos materiais de alta qualidade em nossos produtos, o que aumentará nosso custo de produção, mas também nossa capacidade de oferecer valor agregado aos clientes.
  5. Vamos nos concentrar em manter uma estrutura de custos flexível para nos adaptarmos às necessidades do mercado e às flutuações econômicas.
  6. Estimamos que nossos custos de marketing e publicidade serão altos para sermos conhecidos no mercado e gerar demanda.
  7. Nossos custos com pessoal serão relativamente baixos devido à nossa capacidade de automatizar processos e aproveitar ferramentas digitais.
  8. Implementaremos tecnologia de ponta para reduzir custos e aumentar nossa eficiência nas operações diárias.
  9. Nossa estrutura de custos será baseada no uso de fornecedores externos para minimizar os custos de aquisição de ativos fixos.

As hipóteses devem ser validadas e verificadas à medida que a empresa está sendo criada e desenvolvida, caso contrário, elas podem gerar riscos e erros que podem afetar seu sucesso. Para validar as hipóteses, os empreendedores devem realizar testes, testes de mercado, pesquisas, entrevistas com clientes e testes de conceito, entre outras técnicas. Dessa forma, eles poderão ajustar e aprimorar seu modelo de negócios e tomar decisões fundamentadas para expandir seus negócios (consulte Validação de DICA).

PRESSUPOSTOS DE VALOR

Excelente artigo sobre tipos de premissas de valor (ver+). O artigo "Sobre qual hipótese você construiu o futuro de sua empresa: Lean Startup", de Javier Megías, enfoca a importância das hipóteses na criação e no desenvolvimento de uma empresa. Megías começa descrevendo a ideia fundamental por trás do Lean Startup, que é o foco na validação das principais hipóteses que formam a base do negócio. Ele enfatiza que, em vez de se concentrar no desenvolvimento de um produto ou serviço completo e depois lançá-lo no mercado, é mais eficaz e eficiente se concentrar em testar hipóteses críticas e descobrir o que os clientes realmente precisam.

Em seguida, o autor lista alguns exemplos de hipóteses importantes, como a necessidade do mercado pelo produto ou serviço, o preço que os clientes estão dispostos a pagar por ele, a eficácia do canal de distribuição e o custo de aquisição de clientes. Megías enfatiza que essas hipóteses devem ser validadas antes do lançamento de qualquer produto ou serviço no mercado. No artigo, Megías também oferece alguns conselhos práticos sobre como validar hipóteses, incluindo a realização de entrevistas com clientes potenciais, a observação do comportamento do cliente, o uso de ferramentas analíticas e a realização de experimentos para testar hipóteses.

Além disso, Megías enfatiza a importância de ser ágil e estar preparado para mudar de direção caso as hipóteses iniciais sejam consideradas imprecisas ou ineficazes. De modo geral, o artigo destaca a importância da validação de hipóteses no processo de criação e desenvolvimento de uma empresa e oferece conselhos práticos para aqueles que buscam aprimorar sua abordagem de Lean Startup.

APLIQUE ESTA DICA AO SEU PROJETO

QUIZ

PENSE EM VOCÊ

PENSAR EM AJUDAR OS OUTROS

COMPARTE

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Picture of Jaime Cavero

Jaime Cavero

Presidente de la Aceleradora mentorDay. Inversor en startups e impulsor de nuevas empresas a través de Dyrecto, DreaperB1 y mentorDay.
Comentários
Todos os comentários.
Comentários

Tabla de contenidos

  • mentorVIRTUAL: Soy tu mentorVIRTUAL. ¿alguna pregunta?

La respuesta tardará unos 20 segundos. Generando respuesta ...

Avalie esta DICA!

Tu opinión es importante para ayudarnos a mejorar

Nº votos «26" - Média " - Média4.6"

Sem votos ainda, seja o primeiro a votar!

Lamentamos que você não tenha achado útil.

Ajude-nos a melhorar esta DICA!

Deixe-nos um comentário e diga-nos como você poderia melhorar esta DICA

Pular para o conteúdo